Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Cemitério João XXIII começa a ser reformado
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Cemitério João XXIII começa a ser reformado

Espaço ganhará novo muro de concreto e calçadas adequadas em toda a extensão, além de estacionamento, ciclovia e iluminação moderna

  • Escrito por Renan Oliveira
  • Criado: Sexta, 05 de Julho de 2019, 07h45
  • Publicado: Sexta, 05 de Julho de 2019, 07h45

Foi assinada, na última terça-feira (2), a ordem de serviço para o início das obras de reforma do Cemitério Municipal João XXIII, que fica no Jardim Higienópolis, região sul. O espaço será revitalizado com um amplo pacote de serviços que inclui melhorias estruturais para trazer mais segurança e conforto às famílias e visitantes, bem como aos moradores do entorno do local. O cemitério fica na Avenida da Saudade, 135, e é um dos mais antigos da cidade, tendo sido fundado em 1964.

A Prefeitura de Londrina, por meio da Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários (ACESF), está investindo R$ 641 mil para a execução dos trabalhos, que devem ser finalizados até o final de 2019, com prazo de 150 dias ao todo. A realização ocorre com recursos próprios da Acesf, advindos das taxas de manutenção.

Uma base já está montada e pronta no local para abrigar os equipamentos e materiais a serem utilizados pelas equipes da construtora contratada, via licitação, a S dos Santos Construtora.

O superintendente da Acesf, Leonilso Jaqueta, informou que os serviços começarão, de imediato, tão logo cessem as chuvas na cidade. “Estamos iniciando uma obra importante para reformular toda a área do Cemitério João XXIII, que ganhará novo muro de concreto, calçadas adequadas, iluminação moderna, estacionamento e intervenções para acessibilidade. Isso vai melhorar a segurança e funcionalidade, tornando o local mais bonito e acessível para uso da população. Tudo isso sem impactar o meio ambiente e mantendo a característica de área verde que marca o entorno”, destacou.

A obra contempla a construção de um novo muro de concreto que circundará todo o cemitério, em substituição ao alambrado atual, que é mais frágil e forrado de vegetação, o que torna esta área vulnerável a atos de vandalismo e roubos. A estrutura concretada será em formato de palitos, para dar visibilidade do interior do cemitério e, assim, inibir as ações de vândalos.

Serão feitas calçadas na extensão completa da área externa do cemitério, que hoje é quase apenas cercado por gramado. O calçamento irá compreender cerca de 1.600 metros, mesclando partes em concreto e piso Paver, além de grama esmeralda. “A obra terá adequações na calçada, com condições de acessibilidade, facilitando a vida dos pedestres, principalmente idosos e deficientes físicos, além de e trazer um novo visual ao equipamento público”, acrescentou.

Haverá, ainda, a construção de um estacionamento para melhorar o acesso de veículos e oferecer mais segurança ao público, além de uma ciclovia na área de passeio. O cemitério receberá instalação de sistema moderno de iluminação com lâmpadas de LED, mais duráveis e econômicas. Também estão no pacote pintura completa e sinalização. Com recursos próprios, mas fora do contrato da obra, também há projeto para criar uma academia ao ar livre em área próxima ao cemitério.

Para a imprensa: outras informações podem ser obtidas com o superintendente da Acesf, Leonilso Jaqueta, pelo telefone 3372-7855.

registrado em:
Fim do conteúdo da página