Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Contribuintes podem quitar débitos da Acesf pelo Profis 2019
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Contribuintes podem quitar débitos da Acesf pelo Profis 2019

Atendimentos ocorrem exclusivamente na sede da Acesf; dívidas de taxa de manutenção e serviços funerários são negociadas com descontos e parcelamentos

  • Escrito por Renan Oliveira
  • Criado: Sexta, 18 de Janeiro de 2019, 18h07
  • Publicado: Sexta, 18 de Janeiro de 2019, 18h08

A Administração dos Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina (ACESF) reforça o convite aos contribuintes interessados em negociar suas dívidas junto ao órgão pelo Programa de Regularização Fiscal (Profis 2019). Qualquer débito, tributário ou não, pode ser quitado com descontos e parcelamentos exclusivos até o dia 30 de abril. Os atendimentos ao público para essa finalidade tiveram início pela Acesf na última terça-feira (15). Este é o primeiro ano em que a autarquia realiza a ação paralelamente ao Profis da Prefeitura.

As renegociações seguem as mesmas regras do Profis 2019. As condições de pagamento e os descontos em multas e juros são iguais aos estabelecidos no programa (ver quadro abaixo). Quem aderir em janeiro e fevereiro, pagando à vista, terá direito a 100% de desconto. Ainda em janeiro, é dado90% de desconto se o parcelamento for em dez vezes.

Neste mês, caso a negociação seja em 23 vezes, quantidade máxima de parcelas, o desconto é de 70%. Os descontos e quantidade de parcelas vão diminuindo a cada mês.

Diferentemente dos atendimentos que estão sendo realizados na Prefeitura de Londrina, na Praça de Atendimento da Secretaria Municipal de Fazenda, os contribuintes que desejarem negociar os débitos com a Acesf devem comparecer presencialmente na sede que fica localizada na Avenida Juscelino Kubitschek, 2.948, Centro. Os interessados devem se dirigir até a Diretoria Financeira, de segunda a sexta-feira, das 8 às 14 horas.

O diretor Administrativo-Financeiro da Acesf, Henrique de Castro Silva, ressaltou que a renegociação de dívidas contempla a taxa de manutenção de cemitérios, contratos de serviços funerários e outros serviços dessa natureza. “A quitação de débitos pelo Profis 2019 é uma novidade na Acesf e trata-se de uma ótima oportunidade para quem precisa renegociar e quer aproveitar para obter os descontos oferecidos apenas neste período”, disse.

Ainda segundo Silva, é importante que os munícipes tentem acertar suas pendências financeiras agora, porque após abril, quando termina o Profis 2019, as situações de débitos começam a ser encaminhadas para execução fiscal. “Após irem para o judiciário, os gastos do contribuinte com dívidas ficarão ainda maiores, com honorário advocatício e custos processuais”, informou.

Nos primeiros dias de validade do Profis 2019, a Acesf arrecadou cerca de R$ 30 mil e registrou mais de 200 adesões. De 2014 até o dia 31 de dezembro de 2018, foram constatados 18 mil débitos, advindos de cerca de 7 mil contribuintes, que somam um montante de R$ 4,5 milhões.

Como funciona

imagem profis acesf

registrado em:
Fim do conteúdo da página